O aplicativo de delivery iFood acaba de comprar uma empresa de tecnologia de Belo Horizonte, a Hekima.



Leia também: Ex-repórter da Itatiaia Bruno Azevedo vira alvo da polícia por fraude em BH: 6 milhões; veja aqui

Localizada no Lourdes, Centro-Sul de BH, a empresa é especializada em inteligência artificial e trabalha desde a obtenção de dados e sua manipulação até o processamento dessas informações.

A compra acontece após o bilionário aporte que o iFood recebeu para poder investir em sua expansão pelo país.

Advertisement

A empresa recebeu de investidores o montante de US$ 500 milhões, algo em torno dos R$ 2 bilhões na cotação atual.




A intenção da empresa é usar os talentos da Hekima, uma vez que a mão de obra qualificada ainda é ausente no país.

Nos planos do iFood está a entrega por drones e carros autônomos.




Em entrevista ao Painel, da Folha, Bruno Henriques, vice-presidente de inovação do iFood, afirma que a aquisição é essencial para melhorar o conhecimento dos hábitos do cliente e aperfeiçoar o modelo de negócio:

“Estamos transformando a alimentação. Há pouco tempo, o delivery era feito por linha telefônica. No futuro, vai ser tão prático e a logística, tão boa, que vão questionar se vale a pena ter cozinha em casa. Para isso, precisamos conhecer o cliente no detalhe”.



Advertisement