Todo o movimento em torno da candidatura de Eduardo Costa (Cidadania) como vice de Romeu Zema (Novo) acabou se tornando uma dor de cabeça para muita gente.

Um dos apresentadores mais conhecidos pelos mineiros, comandava dois programas de sucesso.

Mas enquanto pré-candidato, ele foi obrigado a deixar suas funções na Rádio Itatiaia e na Record Minas para obedecer a Lei Eleitoral.

Advertisement

Nesta segunda, 1, o jornalista anunciou que na semana que vem estará de volta em seu programa de rádio. Mas chamou atenção que ele não citou a emissora de TV.

Alguns diretores da Record ainda não engoliram muito bem terem descoberto a candidatura do apresentador pela imprensa.

Também não ficaram satisfeitos com o pré-candidato Alexandre Kalil (PSD), que disse que o apresentador usava seu espaço na TV com fins políticos. A avaliação é de que um descanso na imagem dele pode ser necessário. Assista o que Costa disse:

Advertisement

View this post on Instagram

A post shared by Eduardo Costa (@eduardocostajornalista)

Advertisement