É curiosa a regra moral dos políticos de direita de Belo Horizonte. Eles condenam firmemente as relações entre pessoas do mesmo sexo, e o uso da Lei Rouanet e até que a cantora Anitta tenha tatuado seu próprio corpo.

Alguns repercutiram o vídeo em que o cantor Zé Neto critica Anitta e diz: “Nós somos artistas que não dependemos de Lei Rouanet. O nosso cachê quem paga é o povo. A gente não precisa fazer tatuagem no ‘toba’ pra mostrar se está bem ou mal. A gente simplesmente vem aqui e canta”.

Saiu agora: Porque estes 7 jornalistas se demitiram da Globo Minas em BH; saiba o motivo aqui

Advertisement

Os deputados Bruno Engler E Junior Amaral fizeram coro:

De fato, Zé Neto e Cristiano acertaram ao falar que quem paga seus shows é o povo. Para a apresentação que repercutiu eles ganharam R$ 400 mil de uma pequena prefeitura.

Advertisement

O mais ensurdecedor é que os políticos de direita, nada tem a falar sobre receber dinheiro público dos cofres das prefeituras. Na Lei Rouanet, que paga os cachês são empresas privadas.

Também é curioso que mesmo tão árduos defensores da bíblia, da família e de Deus, eles nada tenham a criticar o fato de Zé Neto ter dito que mantinha relações sexuais com animais. No caso, uma égua.

Até o momento os principais nomes da direita em BH, Nikolas Ferreira, Bruno Engler e Junior Amaral nada falaram sobre isto.

Advertisement

Em passagens bíblicas, Deus amaldiçoa quem é adepto da prática: “Maldito quem tiver relações sexuais com algum animal”, Deuteronômio 27:21. E em Levítico 18:23: “Não tenha relações sexuais com um animal, contaminando-se com ele”.

Advertisement

Advertisement