Durante o jogo entre Atlético Mineiro e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, que aconteceu no Mineirão na última quarta-feira (10), a torcedora Débora Caroline Rodrigues Cotta foi agarrada e beijada à força por um homem. Após o ocorrido, a jovem conseguiu o apoio da Polícia Militar, que recuperou um vídeo do ocorrido.

Débora conta que o ocorrido aconteceu logo no início do segundo tempo, por volta das 20h. “Como o Mineirão tá enchendo muito, eu preferi esperar o intervalo acabar para ir ao bar comprar uma cerveja. Quando cheguei lá, uma mulher estava passando mal, com a pressão baixa, então fiquei conversando com ela, encostada em uma mureta”, disse.

Nesse momento, um homem se aproximou com dois copos de cerveja na mão. “Eu estava distraída, conversando com a mulher, não percebi ele chegando. Ele se aproximou e falou algumas coisas que não entendi direito”, continuou Débora.

Advertisement

“Ele me agarrou muito forte e me deu um beijo na boca. Naquele momento eu fiquei paralisada, sem reação mesmo. Fiquei olhando para ele e o mandei ir embora”, afirmou.

Depois de alguns momentos, ela decidiu ir atrás do assediador: “Dei um tanto de socos, chutes, derrubei as cervejas dele no chão e gritei, pedi ajuda. Ninguém fez nada, todo mundo apenas assistiu. Tive uma crise de choro, a única pessoa que me ajudou foi uma moça, que me abraçou e me acalmou”.

Advertisement

A jovem conta que ao falar com a segurança do lugar, eles afirmaram que não poderiam fazer nada, já que ela não sabia a identidade do homem. Ela então voltou ao seu lugar e começou a chorar muito, enquanto era consolada por uma mulher. “Depois de um tempo um segurança de colete laranja me achou e me encaminhou para uma base da Polícia Militar. Chegando lá fui muito bem atendida, contei tudo e eles já conseguiram o vídeo do momento na hora. Deu para ver direitinho o rosto do homem, toda a cena”, contou ela.

“Já fiz o boletim de ocorrência na Polícia Militar, agora vou formalizar na Polícia Civil para entrar com uma ação judicial contra esse homem”, afirmou.

Por meio de nota, o Mineirão informou que as apurações da denúncia estão sendo feitas “junto à equipe de segurança contratada e entrando em contato com a torcedora para mais informações”:

Advertisement