O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) é apontado como favorito para a disputa pela cadeira do Executivo da capital. De acordo com a pesquisa divulgada pela Real Time Big Data, na última terça-feira (23), o político seria reeleito ainda em primeiro turno.

Na pesquisa em que os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores, Kalil aparece com 55% das intenções de voto. Ele é seguido por João Vitor Xavier (Cidadania), que tem 7%, Áurea Carolina (PSOL) e Bruno Engler (PRTB), com 4% cada. Ainda aparecem na sequência, Rodrigo Paiva (Novo), com 3%, Nilmário Miranda (PT), com 2%, Lafayette Andrada (Republicanos) e Luisa Barreto (PSDB), com 1% cada.

Os eleitores que declararam voto branco ou nulo, somam 9%, e os que não sabem ou não responderam, 12%.

Advertisement

Cenário Espontâneo

Já no cenário espontâneo, em que os eleitores não são apresentados aos nomes dos candidatos, a disputa também é liderada pelo atual prefeito. Nesse caso, ele tem 36% das intenções de voto. Em segundo lugar, aparecem Áurea Carolina (PSOL) e João Vitor Xavier (Cidadania), com 3% cada.

Já os eleitores que não sabem ou não quiseram responder são 35% e os que declararam intenção de voto branco ou nulo, somam 18%.

Rejeição

A pesquisa da Real Time Big Data também levantou dados sobre uma possível rejeição dos eleitores aos candidatos. Confira

Advertisement
  • Alexandre Kalil (PSD): 20%
  • Áurea Carolina (PSOL): 7%
  • Bruno Engler (PRTB): 5%
  • João Vitor Xavier (Cidadania), Luisa Barreto (PSDB) e Wadson Ribeiro (PCdoB): 2%
  • Cabo Xavier (PMB), Fabiano Cazeca (PROS), Igor Timo (Avante), Lafayette Andrada (Republicanos), Marcelo Souza e Silva (Patriota), Marília Domingues (PCO), Professor Wendel Mesquita (Solidariedade), Rodrigo Paiva (Novo) e Wanderson Rocha (PSTU): 1%
  • Rejeita todos: 12%
  • Não rejeita nenhum: 16%
  • Não sabe/não respondeu: 17%

Avaliação do governo

A pesquisa também avaliou o atual governo do prefeito Alexandre Kalil e do governador Romeu Zema (Novo). 

De acordo com o levantamento, o mandato de Kalil é classificado como ótimo ou bom por 62% dos eleitores entrevistados. Outros 14% consideram o mandato regular e, para 21%, é ruim ou péssimo. 3% não souberam ou não responderam à questão.

Já no caso do governador Romeu Zema (Novo), 43% declararam que aprovam o seu mandato e 48% disseram reprovar a sua gestão. Outros 9% não responderam ou não souberam responder.

Advertisement