O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) anunciou nesta sexta-feira (29) a flexibilização da abertura do comércio na capital. A partir da próxima segunda-feira (010, o comércio não-essencial poderá reabrir na cidade. No entanto, de acordo com ele, haverá regras para a liberação das vendas presenciais.

Entre os setores autorizados a abrirem, está o de bares e restaurantes. “Os bares e restaurantes abrem a partir das 11h até 22h, podendo vender bebida alcoólica até as 15h. De 11h às 15h a venda de bebida alcoólica é permitida. A partir das 15h é proibida, mas os restaurantes poderão ficar abertos até 22h”, afirmou Kalil.

O comércio em BH a partir da próxima segunda-feira ficará semelhante ao que funcionava antes do fechamento dos estabelecimentos no último dia 11, com lojas de rua funcionando de 09h às 20h, de segunda a sábado. Além disso, as academias poderão voltar a funcionar sem horário de restrição, com agendamento prévio. Shoppings também estão liberados para a reabertura. 

Advertisement

Os horários autorizados para o funcionamento do comércio não-essencial na capital serão divulgados ainda nesta sexta-feira (29).

Advertisement