Febre em Belo Horizonte, as patinetes elétricas dominaram a capital mineira, sendo usada por centenas de pessoas diariamente.




O problema é que, segundo revelou Márcia Maria Cruz, do Estado de Minas, neste sábado, 4, graves acidentes estão acontecendo na cidade.

Segundo Márcia, até agora foram registrados pelo menos 70 acidentes e o número vem dobrando de mês em mês.

De acordo com o que Pronto Socorro do Hospital João XXIII contou ao Estado de Minas, pessoas estão sendo atendidas com escoriações, fraturas de ossos, luxação no ombro e traumatismos cranianos graves.





O custo para o atendimento dos acidentes pode chegar aos R$ 20 mil. Uma Lei estadual poderá surgir para obrigar as empresas a arcarem comum seguro em caso de acidentes.

Leia a matéria completa e detalhada no Estado de Minas, clicando aqui.