O Bar La Movida chegou com uma proposta diferente de todos os outros da capital. É que nele, as principais atrações são os microteatros apresentados por noite, em BH.

A proposta é resgatar as cenas de curta duração – 15min – dos festivais artísticos, como o A-mostra.lab, para dar uma visibilidade ainda maior. “Aproveitar esse potencial existente na cidade de produzir cenas curtas. Muitos artistas já produziam nesses festivais, mas tinham o tempo restrito e geralmente era só uma apresentação”, conta o ator Guilherme, idealizador parceiro de Clarice Castanheira, a produtora cultural que conheceu esse formato durante uma viagem à Espanha. “É um diferencial não só para o meio artístico, mas na área do entretenimento e da boemia, também”, conclui Théo.

PÚBLICO. Por ser um local que oferece bar e microteatro, o La Movida vem arrastando um público cada vez mais diversificado e proporcionando um incentivo à cultura na cidade. “Aquele que não é acostumado em ir a uma apresentação e que só vai por conta do bar, acaba tendo contato com o teatro”, diz o ator.

ESTRUTURA. Para atender a todos, a casa oferece três salas, sendo cada uma delas com um tipo de apresentação de até R$8,00 o ingresso. “Pode ser que a pessoa encontre um dia uma linguagem teatral mais dramática ou underground. No outro dia, pode ser comédia ou até mesmo biografia de um artista”, explica Guilherme que tenta trazer linguagens teatrais diferentes para as pessoas.

Ainda de acordo com Guilherme, o espaço trabalha como um coworking, onde o artista apresenta o seu projeto no La Movida – Microteatro Bar. Desde quando surgiu, o bar já estava com todas as apresentações fechadas até este mês. “Mas estamos recebendo propostas, ainda haverão outras oportunidades”, garante Guilherme.  Os interessados, devem enviar o projeto com a proposta para o e-mail: lamovidamicroteatro@gmail.com.

LOCAL. O La Movida está instalado, provisoriamente até este mês, no casarão antigo, no bairro Funcionários, zona sul de BH, e até o fechamento desta matéria, os organizadores não encontraram outro ambiente, mas continuam estudando lugares.