O futebol, tão amado pelos brasileiros do Oiapoque ao Chuí, é uma das razões da alegria do povo tupiniquim. E a temporada nacional do esporte bretão, que geralmente começa no finalzinho de janeiro com os campeonatos estaduais, já está se encaminhando para o fim: chegou fase final da Copa do Brasil, o segundo turno do Campeonato Brasileiro, a Libertadores se afunilando… e os times mineiros brigando firme nessas competições, apesar de um interesse distinto de cada time nos campeonatos em questão.




Atlético, Cruzeiro e América representam o estado de Minas Gerais, um dos mais apaixonados por futebol e com torcidas bem vibrantes nas arquibancadas. O time da Toca da Raposa é o único que ainda está firme nas três competições — Libertadores, Copa do Brasil, Brasileirão. Atlético e América, no entanto, depositam seus esforços no Campeonato Brasileiro. Veja os objetivos e a caminhada pela frente de cada um desses clubes nos meses restantes da temporada do futebol nacional.

CRUZEIRO

O time da Toca da Raposa é o único dos três mineiros da Série A que está bem nas três competições: Campeonato Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil. O clube dirigido por Mano Menezes, tido como um dos mais consistentes e eficientes do país, disputa uma vaga na final da Copa do Brasil com o Palmeiras, duela com o Boca Juniors por uma vaguinha na semifinal da Libertadores, e ainda está vivo na Série A, de olho no G-4. Assim como as controvérsias que envolvem a Área 51 e os mitos sobre o veganismo, se engana quem faz muitas suposições malucas e imagina que times brasileiros não podem lutar pela taça de muitas competições na temporada. O Cruzeiro, campeão mineiro deste ano, é a prova disso

AMÉRICA-MG

O time de Belo Horizonte vem desempenhando um bom futebol e subindo na tabela do Campeonato Brasileiro depois da chegada de Adilson Batista ao clube. Após subir da Série B como campeão e ter um começo bem tortuoso no início do certame de elite, em 2018, o América parece ter encontrado uma forma mais consistente de jogar e vem conquistando pontos, vencendo jogos importantes e contra times difíceis, como o Santos, fora de casa, e o Internacional — que atualmente está na briga pelo título. Após ter tomado distância da zona da degola, o América agora já figura como sério candidato à garantir uma vaga na Sul-Americana. No Campeonato Mineiro, no início do ano, o América fez uma campanha consistente; chegou às semifinais e foi derrotado pelo Atlético-MG. Na Copa do Brasil, o Coelho foi eliminado pelo Palmeiras por um placar apertado, 3 a 2 no agregado.



ATLÉTICO-MG

O Galo já flertou com o meio da tabela do Brasileirão e agora foca nas primeiras colocações. Sempre muito difícil de ser batido em casa, o Atlético aposta em um time competitivo para assegurar logo uma vaga para a Libertadores do próximo ano e se fortalecer no Campeonato Brasileiro. O Galo ainda terá pela frente o clássico contra o rival América, a ser disputado em casa, e jogos difíceis, como Fluminense, Grêmio e Palmeiras. A certeza é que o final da temporada para os alvinegros será de muita emoção para a torcida e de muito trabalho para o time de Victor, Chará e Ricardo Oliveira.