Um supermercado do interior de Minas Gerais, na cidade de Coronel Fabriciano, causou um tumulto no centro do município.

Tudo aconteceu quando o Supermercado Coelho Diniz decidiu fazer um queimão de carne e cerveja, já que muitas pessoas estão isoladas em casa.



Leia também: Participante do BBB de MG deixa toalha cair e mostra tudo; nude de outro vaza na web; veja aqui

Advertisement

Uma verdadeira multidão se formou no local, o que chamou a atenção da prefeitura.

Por causa da aglomeração que se formou no local, as autoridades decidiram interditar e fechar o estabelecimento após se recusar a tomar providências contra a aglomeração.

Em nota, a prefeitura esclareceu:

Advertisement




Vote: Você acha que o isolamento do coronavírus deveria acabar? Veja resultados e vote aqui

“A Prefeitura de Coronel Fabriciano por meio do Setor de Fiscalização de Obras e Postura, Vigilância Sanitária e com o apoio da Polícia Militar determinou a suspensão das atividades do Supermercado Coelho Diniz com sede no centro do município.

A ação se fez necessária por descumprimento das medidas de prevenção e contenção da propagação do Coronavírus – Covid-19, conforme os Decretos Municipais.




O supermercado lançou uma grande promoção, atraindo centenas de pessoas e gerando grandes filas. O estabelecimento chegou a ser notificado, mas insistiu na realização da promoção.

Advertisement

Conforme o município foi determinada a cassação do Alvará de funcionamento, e lavrada uma autuação para o Alvará Sanitário.

A Prefeitura lamenta a medida, mas esclarece que a ação se fez necessária para preservar a saúde dos munícipes”.



Advertisement