A quarentena adotada pelo país para tentar conter o aumento de casos do Coronavírus (COVID-19) traz inúmeros reflexos para as nossas vidas, entre eles financeiros e também emocionais. Psicólogos afirmam que a solidão provocada pelo isolamento social pode ser um gatilho para que as pessoas experimentem sintomas doentios, como ansiedade, depressão e abuso de substâncias.




Diante desse momento, os profissionais da psicologia estão oferecendo atendimentos psicoterápicos virtuais, com base na prerrogativa do Código de Ética Profissional que defende o dever do psicólogo em prestar serviços profissionais em situações de calamidade pública ou de emergência.


Nas redes sociais, diversos profissionais de psicologia estão oferecendo atendimento voluntário às pessoas que não tem acesso ao serviço. Uma dessas ações está sendo desenvolvida pela psicoterapeuta Letícia Faleiro, preocupada com a repercussão do isolamento na saúde mental da população.

Em suas redes sociais, a profissional lançou uma campanha social na qual oferece apoio psicológico voluntário com o objetivo de ajudar as pessoas a lidarem de forma mais saudável com esse momento. “Em qualquer canto do mundo, gentileza gera gentileza. E esse é o meu modo de contribuir para um mundo melhor”, afirma Letícia, justificando a sua contribuição.

Advertisement

Qualquer pessoa pode solicitar esse atendimento, via Instagram:

@leticiafaleiropsicologa

O agendamento será realizado mediante disponibilidade.

Advertisement

Sobre o atendimento psicoterápico online

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) regulamentou em 2018 os atendimentos psicológicos à distância com base em pesquisas científicas que comprovaram a eficácia da psicoterapia virtual em relação à presencial, revelando-a como uma prática viável e promissora.  Além disso, a comodidade, economia de tempo e redução dos gastos com deslocamento tem tornado a psicoterapia online mais acessível e preferida por muitas pessoas.




Advertisement

São diversas as possibilidades de assistência por meio virtual e, para isso, é obrigatório que o profissional esteja inscrito e autorizado pelo Conselho Federal de Psicologia para prestação do serviço. As sessões podem ser realizadas por chamadas de vídeo, áudio ou mensagens escritas. O valor da sessão é estipulado conforme a tabela de honorários sugerida pelo conselho profissional. Para o cuidado com o sigilo e confidencialidade dos atendimentos, é importante estar em um ambiente privado, sem interrupção e utilizar um computador ou celular pessoal.




Advertisement