As últimas horas foram de fortes articulações na política de Belo Horizonte. Partidos, candidatos e líderes políticos mergulharam nas articulações para formar as chapas para a prefeitura de BH.

O grupo do prefeito Alexandre Kalil, até então confortável, se assustou com a aglutinação de partidos em torno do jornalista e Deputado João Vitor Xavier.

Ao perceber que o PSL estava caminhando para o candidato do Cidadania, Kalil entrou pessoalmente nas articulações.

Advertisement

O prefeito procurou líderes do PSL apara buscar o apoio do partido. Ligou pessoalmente para o Ministro Marcelo Alvaro Antonio, sem sucesso. O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, também tentou interferir no ex-partido de Bolsonaro. Falou com Luciano Bivar, presidente nacional do PSL, que por sua vez, tentou convencer os deputados Charles Evangelista e Marcelo Freitas. Tambem sem sucesso.

A bancada do PSL em Minas entende que Kalil sempre foi hostil com o presidente. Por isso fecharam a porta para a possibilidade de apoiar o prefeito.

Advertisement

Ao ver que não teria o apoio do PSL, pelo desgaste com os Bolsonaristas, Kalil tentou uma última cartada: tentou levar o partido para o Deputado Bruno Engler.

Nas contas de Kalil Engler seria o adversário mais fácil de derrotar no segundo turno. Nas contas da prefeitura, A ideia é vencer no primeiro turno, caso não seja possível, Kalil quer enfrentar deputados do extremo; seja Aurea Carolina, do Psol, extrema esquerda, ou Bruno Engler, do PRTB, extrema direita. Pesquisas mostram que esses seriam os cenários mais fáceis para kalil no segundo turno.

Essa realidade se mostra diferente com João Vítor Xavier, que forma uma sólida aliança de centro-direita, com Democratas, PL, PTB e PSL. Kalil e seu núcleo ficaram assustados ao perceber que o jornalista terá um grande tempo de TV e que pode ser seu adversário no segundo turno.

Advertisement

Preocupado com isso, Kalil tentou esvaziar essa coligação. E até mesmo ajudar adversários como Bruno Engler, visto como frágil e pouco preparado para a disputa.