A Prefeitura de Belo Horizonte publicou neste sábado (19), um decreto em que prorroga o estado de calamidade pública na cidade por mais 180 dias.

Para que o decreto tenha validade, ele precisa ser aprovado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Entre os motivos citados para a prorrogação estão o aumento de indicadores da Covid-19 na capital, que se mantiveram estáveis até o mês de outubro, além da falta de uma cobertura vacinal suficiente pelo período prorrogado da portaria.

A prefeitura também citou a queda das receitas, uma vez que foi registrada uma diminuição na arrecadação de tributos por causa das restrições impostas para contenção do avanço da pandemia em BH.

Advertisement

Além da prorrogação do estado de calamidade pública, a prefeitura também anunciou os novos horários de funcionamento do comércio. O esquema foi anunciado por Alexandre Kalil na última sexta-feira (18) e já está em vigor.

Advertisement