A Praça Sete de Setembro, localizada no Centro de Belo Horizonte, será interditada com grades a partir da próxima segunda-feira (29). Guardas civis municipais já receberam um informe de mobilização para instalação da estrutura com sinalizações no local.

As grades serão colocadas nos quarteirões fechados e os pedestres só poderão transitar nas avenidas principais: Amazonas e Afonso Pena. O estacionamento de veículos também será proibido nos entornos da praça a partir deste sábado (27). O bloqueio será feito pela BHTrans.

Essa é mais uma medida da Prefeitura de BH para tentar diminuir a disseminação da Covid-19 na capital. De acordo com o secretário municipal de Segurança e Prevenção, Genilson Ribeiro Zeferino, “essa é a primeira ação de muitas”.

Advertisement

“Vai ser uma ação sanitária primeiro e a gente fecha depois. Ninguém entra mais, a não ser as pessoas que moram ou trabalham nos prédios”, afirmou o secretário.

A PBH também está se preparando para fechar outras praças. O mesmo deve acontecer neste fim de semana com a praça Floriano Peixoto, no Bairro Santa Efigênia, e com a Duque de Caxias, no Santa Tereza, também com o objetivo de conter os avanços do novo coronavírus. Outros logradouros também podem ser interditados.

Advertisement

“A gente já fiscaliza os bares, pistas de caminhada, todo lugar. Ao mapear isso, vimos que tem pontos de integração onde as pessoas convergem. Nos quarteirões fechados vimos aglomeração de pessoas, tem gente vendendo ouro, jogando baralho… o fechamento do ‘quadrilátero’ da Praça Sete é a primeira ação para mudar o fluxo de pessoas e de carros”, explicou Genilson.