O Prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), vai se reunir nesta quinta-feira (15) com parte do seu secretariado e vereadores da capital para apresentar o projeto do “Auxílio Belo Horizonte”, que será enviado à Câmara Municipal.

O benefício contará com seis parcelas no valor de R$100, após a aprovação do texto no Legislativo. Inicialmente, as pessoas que estarão aptas a receberem o benefício são aquelas cadastradas no CadÚnico e indicadas pelas equipes de assistência social de BH.

Existe ainda a possibilidade de que parte do valor usado no benefício venha do acordo de reparação da Vale, aprovado nesta quinta-feira na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Advertisement

Por se tratar de um projeto de Lei, o texto ainda pode sofrer alterações por parte dos parlamentares durante o trâmite.

A reunião de discussão sobre o projeto aconteceria na próxima semana, no entanto, foi antecipada para esta quinta-feira. O líder de governo Léo Burguês (PSL) afirmou que recebeu carta branca de Kalil para convidar os vereadores que quisesse. Burguês afirmou então, que convidou todos, inclusive aqueles que estavam impedidos de irem à sede do Executivo.

Advertisement