A Prefeitura de Belo Horizonte anunciou nesta quinta-feira que academias, centros de treinamento e clínicas de estéticas poderão reabrir a partir da próxima segunda-feira (31). A flexibilização também aumentou para bares e restaurantes, que vão poder funcionar em horário ampliado e com a venda de bebidas alcoólicas, a partir de 04 de setembro.

As decisões foram comunicadas em uma entrevista coletiva sem a presença do prefeito Alexandre Kalil (PSD). A prefeitura foi representada pelo Secretário Municipal de Planejamento e Gestão, André Reis, o Secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, além dos infectologistas Estevão Urbano e Unaí Tupinambás.

De acordo com a nova flexibilização, as academias e centros de treinamento poderão funcionar todos os dias da semana, sem restrição de horário. No entanto, será preciso fazer um agendamento prévio para poder utilizar as instalações. O distanciamento mínimo, segundo o protocolo da prefeitura, é de uma pessoa a cada 7m².

Advertisement

“Não vamos estabelecer restrição de horários e dias da semana, porque, diferente de outras atividades, eles têm contratado um lote de clientes, e precisam encaixar esse lote. Vai ter que haver uma distribuição das pessoas dentro desses horários durante o dia”, afirmou André Reis.

Já as clínicas de estética vão poder funcionar de segunda a sexta-feira, entre 11h e 20h. Aos sábados, o funcionamento deverá ser entre 9h e 17h. Os estabelecimentos localizados em shoppings centers devem seguir os horários de funcionamento dos centros de compras, que atualmente é de segunda a sexta-feira, entre 12h e 20h.

Aumento da flexibilização

Advertisement

Na última quarta-feira (26), uma reunião entre Kalil, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Minas Gerais (Abrasel-MG) e Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Belo Horizonte e Região Metropolitana (Sindibares), mediada pela Justiça, determinou um novo acordo em que os estabelecimentos do ramo na capital estariam autorizados a vender bebidas alcoólicas a partir de 4 de setembro, das 17h às 22h.

A flexibilização também se estende até o dia 11 (sexta) do mesmo mês. O mesmo vale para os fins de semana dos dias 5 e 6 e 12 e 13, mas com extensão dos horários: das 11h às 22h. No entanto, nos dias de semana (exceto sexta-feira), a proibição da venda de bebidas alcoólicas continua.

 

Advertisement