Rodney Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro foi condenado pelo Comitê da ONU dos Direitos da Criança por causa das imagens de sua visita a BH na última quinta-feira, 30.

O Comitê pede, em resposta ao colunista Jamil Chade do UOL, que o presidente pare imediatamente de usar crianças armadas e fardadas em quaisquer eventos oficiais:

Rodney Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo“condena com veemência o uso de crianças pelo presidente Bolsonaro, vestidas com trajes militares e com o que parece ser uma arma de fogo, para promover sua agenda política, mais recentemente em 30 de setembro de 2021”.

Advertisement

O Comitê ainda sugere que as práticas sejam criminalizadas:

“Tais práticas devem ser proibidas e criminalizadas e aquelas que envolvem crianças em hostilidades devem ser investigadas, processadas e sancionadas”.

Sobre a situação em Belo Horizonte, o Comitê pede a “suspensão imediata e urgentemente o uso de crianças vestidas com trajes militares para qualquer finalidade, remover tais imagens de todos os meios de comunicação e impedir sua posterior distribuição”.

Advertisement

Veja o vídeo aqui