O vereador de Belo Horizonte Nikolas Ferreira pode estar cometendo crime eleitoral ao anunciar desde já o número do novo partido de Jair Bolsonaro (PL), o 22.

Em pelo menos duas postagens o vereador sugere votos em Bolsonaro:

Advertisement

Advertisement

Advertisement

Como ele mesmo anunciou, Nikolas está de mudança para o mesmo partido de Bolsonaro e Waldemar da Costa Neto. Portanto, o 22 também será o número que usará em sua própria candidatura.

Neste domingo, 27, o TSE julgou que artistas que se apresentaram no Lollapalooza fizeram propaganda eleitoral. O partido de Bolsonaro, o PL, é quem entrou com a ação.

Pabllo Vittar correu perto dos fãs com uma toalha com o rosto do ex-presidente Lula. Apesar disto não chegou a pedir votos. O TSE ainda estipulou multa de R$ 50 mil caso outras manifestações sejam feitas.

Advertisement

*Erramos: a versão inicial do título foi publicada com a palavra “comendo” no lugar de “cometendo”. Por erro de digitação faltou um ‘te’ após as duas primeiras sílabas. O erro foi corrigido.