De acordo com o que publicou o Estadão nesta terça-feira, 11, o ex-presidente Lula avalia que o ideal para sua campanha é que o PT desista de ter um candidato próprio em Minas Gerais para apoiar o prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil.

Segundo maior colégio eleitoral do país, MG é um grande palanque e pode garantir visibilidade para a campanha nacional.

Ao mesmo tempo, na polarização, o PSDB também avalia não ter um candidato e apoiar Romeu Zema (Novo).

Advertisement