Três dos maiores comunicadores de Belo Horizonte , que também são deputados estaduais, são favoráveis a instalação da CPI da Serra do Curral, segundo um levantamento do jornal O Tempo.

São eles João Vitor Xavier (Cidadania), Mário Henrique Caixa (PV) e Mauro Tramonte (Republicanos).

João Vitor Xavier se notabilizou por um duro discurso contra as mineradoras após os desastres de Mariana e Brumadinho. Ele foi autor de um Projeto de Lei para endurecer as medidas de segurança em Minas Gerais.

Advertisement

Em 2019 seu projeto de Xavier foi considerado exemplar por toda sociedade civil, incluindo o Ministério Público, Ibama, corpo técnico da ALMG, mais de 50 organizações não governamentais, jornalistas, ambientalistas e especialistas técnicos. “Só não participou do projeto a Secretaria de Meio Ambiente do estado de Minas Gerais”, criticou o deputado na época.

Para ele, as mineradoras atuaram contra seu projeto: “Foi barrado por pressão das mineradoras, tenho certeza absoluta. Elas preferem aumentar a margem de lucro a aumentar a margem de segurança”.

Placar da CPI da Serra do Curral – Segundo O Tempo, até o momento 29 parlamentares acham que uma Comissão Parlamentar de Inquérito deve ser instaurada pela ALMG para apurar possíveis irregularidades. São necessárias 26 assinaturas.

Advertisement

Em contrapartida, apenas 5 se posicionaram contra a CPI, até o momento: Gustavo Valadares (PMN), Laura Serrano (Novo), Roberto Andrade (Avante), Tito Torres (PSD) e Zé Guilherme (PP). Os outros ainda não responderam. Veja como está o placar em tempo real, aqui.