Um dos maiores apresentadores de rádio de Minas Gerais e do Brasil, o radialista José Lino Souza Barros deixará o comando do programa Rádio Vivo depois de 45 anos à frente da atração.

A decisão foi anunciada em um comunicado interno da Rádio Itatiaia aos funcionários na manhã desta sexta-feira, 1. Há algumas semanas o Moon BH tentava confirmar a decisão, até então negada.

O público será informado ainda nesta manhã e Lino fica à frente do programa até o dia 15 de novembro.

Advertisement

Segundo o comunicado, assinado pelo novo presidente da Rádio Itatiaia, Diogo Gonçalves, Lino não deixará a emissora. Permanecerá sendo a voz do “Projeto Memória Itatiaia”, que celebra os 70 anos da emissora.

Ele também comandará a oração no “Minuto da Bíblia”, que passará a ser exibido às 6 da manhã diariamente.

Rádio Vivo continua no ar

Advertisement

Apesar da saída de Lino, um dos nomes mais conhecidos do rádio, o programa continuará no ar, mas com outro apresentador ainda não revelado. O horário também permanece o mesmo, de 10h às 11h30.

José Lino, um dos maiores

O apresentador já serviu como base para tese de mestrado da Universidade de Paris em um estudo sobre a interação no rádio entre locutor e ouvinte.

Advertisement

Ele é, também, um dos nomes que há mais tempo comandava o mesmo programa no rádio.

Sua coluna no site da Itatiaia sempre foi uma das mais acessadas e seu programa um dos mais pesquisados.

Mudanças na Itatiaia

Advertisement

Como antecipado com exclusividade pelo Moon BH, o narrador Alberto Rodrigues deve deixar a locução dos jogos do Cruzeiro no fim deste ano. Um substituto está sendo procurado no mercado e nomes internos estão sendo avaliados.

Acir Antão pode ser o próximo a perder espaço

Nas mudanças na Rádio Itatiaia, outro grande apresentador pode acabar perdendo espaço. Acir Antão, que está no ar de segunda à sexta e também aos domingos, pode acabar ficando sem seu programa em breve.

Advertisement

O problema é que Acir é de longe um dos maiores faturamentos da emissora, o que deixa muitos clientes irritados.