O candidato a governador Alexandre Kalil (PSD) criticou o jornalista Eduardo Costa (Cidadania) quanto a seu trabalho na Record Minas e na Rádio Itatiaia. Para ele, o comunicador usava seu espaço para lhe criticar visando benefício político próprio.

O Moon BH analisou vídeos e comentários feitos pelo comunicador e concluiu que de fato, em pelo menos um assunto, o jornalista parecia demonstrar certa parcialidade quanto aos dois políticos.

Advertisement

Saiu agora: Carina Pereira já sofreu ao vivo na mão de telespectador na Globo Minas

Primeiro é preciso estabelecer que Kalil e Zema enfrentaram o mesmo problema: uma péssima relação com os legislativos municipal e estadual.

Mas eles eram retratados de forma diferente nos comentários de Eduardo Costa.

Advertisement

Enquanto Kalil era tido como um péssimo prefeito, incapaz de manter boas relações com os vereadores, Costa avaliava Zema como um bom governador, que tentava aprovar bons projetos, mas era impedido pelos deputados.