Uma série de matérias publicadas pelo Moon BH desde o dia 9 de maio mostrou que a Prefeitura de Belo Horizonte fez um contrato com uma construtora sediada no mesmo endereço em que está uma loja de lingeries.

A Construtora A Esperança, mesmo já tendo um contrato de R$ 1,5 milhão com a gestão municipal, não tem sede.

Com a grande repercussão da notícia, deputados mineiros gravaram vídeos repercutindo a denúncia.

Advertisement

O primeiro a falar do caso foi o deputado Bruno Engler (PSL), que se baseou nas matérias para criticar o contrato.

Nesta quarta-feira, o também deputado Cleitinho (Cidadania), visitou a loja de lingeries à procura da construtora.

Leia a matéria clicando aqui.

Advertisement

Veja os vídeos abaixo:

Advertisement