A Assembleia Legislativa de Minas Gerais, ALMG, decidiu derrubar o veto do governador Romeu Zema (Novo), que permitia o funcionamento do Uber dos ônibus no estado.

A decisão ajuda as empresas de ônibus e prejudica todos os mineiros. Veja quais deputados decidiram ajudar as empresas e quais decidiram ajudar você. Esteja atento para as eleições do ano que vem:

Decidiram à favor das empresas de ônibus

  • Alencar da Silveira Jr. (PDT)
  • Ana Paula Siqueira (Rede)
  • André Quintão (PT)
  • Andréia de Jesus (PSOL)
  • Antonio Carlos Arantes (PSDB)
  • Arlen Santiago (PTB)
  • Arnaldo Silva (DEM)
  • Beatriz Cerqueira (PT)
  • Betão (PT)
  • Betinho Pinto Coelho (Solidariedade)
  • Carlos Henrique (Republicanos)
  • Carlos Pimenta (PDT)
  • Cássio Soares (PSD)
  • Celinho Sintrocel (PCdoB)
  • Charles Santos (Republicanos)
  • Cristiano Silveira (PT)
  • Delegado Heli Grilo (PSL)
  • Douglas Melo (MDB)
  • Doutor Jean Freire (PT)
  • Doutor Paulo (Patriota)
  • Gil Pereira (PSD)
  • Glaycon Franco (PV)
  • Gustavo Mitre (PSC)
  • Gustavo Santana (PL)
  • Hely Tarqüínio (PV)
  • Inácio Franco (PV)
  • João Magalhães (MDB)
  • Leninha (PT)
  • Leonídio Bouças (MDB)
  • Marquinho Lemos (PT)
  • Neilando Pimenta (Podemos)
  • Osvaldo Lopes (PSD)
  • Professor Cleiton (PSB)
  • Professor Irineu (PSL)
  • Sargento Rodrigues (PTB)
  • Sávio Souza Cruz (MDB)
  • Tadeu Martins Leite (MDB)
  • Tito Torres (PSDB)
  • Thiago Cota (MDB)
  • Ulysses Gomes (PT)
  • Virgílio Guimarães (PT)

    Votaram à favor do mineiro

    • Bartô (sem partido)
    • Bernardo Mucida (PSB)
    • Bosco (Avante)
    • Bruno Engler (PRTB)
    • Celise Laviola (MDB)
    • Cleitinho Azevedo (Cidadania)
    • Coronel Henrique (PSL)
    • Delegada Sheila (PSL)
    • Doorgal Andrada (Patriota)
    • Fernando Pacheco (PV)
    • Guilherme da Cunha (Novo)
    • João Leite (PSDB)
    • Laura Serrano (Novo)
    • Roberto Andrade (Avante)
    • Rosângela Reis (Podemos)
    • Zé Guilherme (PP)
    • Zé Reis (Podemos)
    • Mário Henrique Caixa (PV)
    • João Vitor Xavier (Cidadania)

Nota da Buser sobre a derrubada do veto

Advertisement

Apoiada em decisões da Justiça, a Buser vai continuar operando em Minas, levando conforto, segurança e preços honestos aos mineiros.

A Buser lamenta que a Assembleia Legislativa tenha derrubado, por uma diferença de dois votos, o veto do governador Romeu Zema, que apontava para a modernidade e a liberdade de escolha.

O povo de Minas não merece o retrocesso e o atraso. Está evidente que a votação na Assembleia não reflete a vontade dos mineiros, pois pesquisa realizada em todo o Estado mostra que mais de 80% da população é a favor dos aplicativos de ônibus rodoviários.

Advertisement

Apoiada em decisões da Justiça, a Buser vai continuar operando em Minas, levando conforto, segurança e preços honestos aos mineiros.

A nova lei é inconstitucional, violando o direito de escolha dos mineiros. A Buser irá ao Judiciário questionar o texto da nova regra.

Parte da Assembleia Legislativa serve, neste momento, aos interesses das velhas viações, que cobram caro por um serviço precário.

Advertisement

A Buser reconhece aqueles deputados estaduais que não se dobraram perante as intensas pressões do oligopólio do ônibus. E reafirma que vai continuar operando e investindo em Minas Gerais.