A Prefeitura de Belo Horizonte anunciou uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (31). O que chamou a atenção é que o prefeito, Alexandre Kalil (PSD), não estará presente. Historicamente, isso indica que haverá alguma reabertura do comércio na capital.

A suspeita ganhou ainda mais força após uma declaração feita por Kalil de que “estamos começando a ver a luz no fim do túnel”, em relação aos números da pandemia na cidade.

Advertisement

A fala ocorreu após uma longa reunião com representantes do comércio da capital. Após o fim da conversa, o presidente do Sindicato de Lojistas de Belo Horizonte (Sindilojas-BH), Nadim Donato, afirmou que há expectativa de um comunicado da PBH sobre o que foi discutido na reunião. Ele ainda apontou que há esperança de que haja uma reabertura até o dia 4 de agosto, antes do Dia dos Pais.

Outro fator que indica o assunto da coletiva de sexta é a equipe escalada para dar entrevistas. Vão participar os secretários municipais de Saúde, Jackson Machado Pinto; Planejamento, Orçamentos e Gestão, André Reis; de Fazenda, João Fleury Teixeira; Desenvolvimento Econômico, Cláudio Beato e de Política Urbana, Maria Caldas.

No entanto, ainda não é possível ter certeza sobre a reabertura do comércio em BH. É dado como certo de que o tema será discutido na coletiva de imprensa, mas a decisão ainda depende dos números e do aval da equipe que compõe o Comitê de Enfrentamento à COVID-19.

Advertisement