A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu ao Governo de Minas autorização para importar 428 mil doses da vacina russa Sputnik V. A informação foi anunciada pelo governador Romeu Zema nesta sexta-feira, 2, e confirmada ao Moon BH pela Anvisa.

Veja os postos e quantas doses foram em qual deles: Vacinas vencidas da AstraZeneca foram aplicadas em BH; veja em quais postos de saúde

“A Anvisa autorizou a nossa solicitação de importação de 428 mil doses da vacina Sputnik. Mas, agora, o fundo soberano russo vai junto com a Seplag dar a data da entrega, que eu espero que seja o mais breve possível”, explicou Zema, pelas redes sociais.

Advertisement

A quantidade de doses equivale a 1% da população do estado, número máximo permitido pela Anvisa.

A agência afirmou que apesar da liberação, a vacina “não tem avaliação” de sua qualidade e eficácia e que o Governo de Minas fica responsável por inspecionar lote por lote e que só poderá importar vacinas de fábricas inspecionadas pela Anvisa. Também precisará notificar, em até 24 horas, quem sofrer alguma reação grave.

BH queria comprar 4 milhões de doses

Advertisement

Em março o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), anunciou a intenção de compra de 4 milhões de doses da Sputnik V.

A compra não foi concretizada, entretanto, porque a Anvisa não concedeu avaliação e liberação da vacina.

Advertisement