O caso do desaparecimento do repórter Renato Soares, de 31 anos, foi amplamente divulgado nas redes sociais na tarde desta terça-feira. Felizmente ele foi encontrado na noite de ontem pela Polícia Civil.

Em uma entrevista ao iG, o delegado do caso, Thiago Saraiva, contou detalhes de como foi o encontro do jornalista: “Recebemos a informação de que ele estaria na Praça Raul Soares. Fomos até lá acompanhados pela família e o encontramos. Ele estava debilitado, não comia e tinha dormido todos esses dias fora, por isso, estava sujo”.

O delegado disse que Renato não estava sob o efeito de drogas, mas que foi constatado um estado depressivo: “Quando o encontramos, ele estava atordoado e dizia que a vida não fazia mais sentido, ele andava sem rumo”. Também ressaltou a importância da comoção nas redes sociais: “A pessoa que o localizou só entrou em contato com a gente, pois soube do caso pela internet”.

Advertisement

Fonte: iG