Belo Horizonte será tomada por zumbis. Pelo menos na área da ficção, graças ao livro BHZombie, que chega às bancas da cidade em novembro.




Escrito por Gustavo Ferreira, a obra ficou congelada por mais de dez anos, tendo previsto, mesmo que secretamente, vários acontecimentos de filmes e séries famosas.

Em 2006, Gustavo estava no sítio da sua avó, em Casa Branca – Brumadinho. Era noite e ele assistiu ao filme “Madrugada dos mortos” pela enésima vez antes de dormir. E foi daí que surgiu a história.

A partir daí, o autor iniciou a história da obra, que teve seu momento inicial no Olympico Club, passou por diversas localidades de Belo Horizonte, como o centro, o bairro Caiçara, Santa Terezinha, até que os sobreviventes foram levados para o Sítio de sua avó.




A obra critica alguns aspectos do momento atual pela qual passa a cidade, como o caos no trânsito, mas aborda também a fatalidade de se criar uma nova comunidade a partir do caos do apocalipse zumbi.

O livro será publicado pela D’Plácido e tem lançamento confirmado no próximo dia 10, na livraria Cultura, do Pátio Savassi, a partir das 19h.