Tudo corria bem na entrevista do repórter da Globo Minas Carlos Eduardo Alvim, que entrevista uma usuária do metrô de Belo Horizonte.



Leia também: Revelado quanto ganha por mês um repórter da TV Globo Minas; veja valor aqui

Ele queria saber a opinião da mulher sobre o novo aumento na tarifa, que de R$ 2,40 passou para R$ 2,90.

O aumento de R$ 0,50 estava programado em um acordo que barrou todo o reajuste, de uma só vez.

O que mais surpreendeu, porém, foi que ela decidiu se manifestar, também, politicamente.




Leia também: 10 Coisas que foram inventadas em BH e você não fazia ideia, até agora; descubra aqui

Ela esculhambou o metrô de BH, que de fato anda cada vez mais cheio e também o governo. Além disso, elogiou o ex-presidente Lula:

“[O aumento] está pesando muito para os trabalhadores. Aumenta o valor da passagem, mas o salário não aumenta. [O metrô] está péssimo, só anda cheio”

“Isso daqui virou uma bagunça. Quando era o Lula ainda era melhor. O Lula roubava, mas melhorou o povo. Esse aí ganhou tá só perdendo, só tirando da gente”.



O repórter acabou ficando um pouco constrangido e decidiu encerrar a entrevista, frisando que a opinião era da entrevistada, não da Globo. Veja abaixo:







loading…