Belo Horizonte tem tudo para colocar nas ruas algo que pelo que parece, pode ajudar a salvar várias vidas na capital.



Leia também: Veja salários especulados dos 5 jogadores mais bem pagos do Cruzeiro; descubra aqui

É que o prefeito da capital, Alexandre Kalil, acaba de sancionar um projeto de Lei que autoriza a circulação de ‘ambulâncias moto’.

Já apelidadas de motolâncias, o projeto na verdade se chama Motos que Salvam e fará parte do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Logicamente, o serviço não pretende transportar as vítimas de acidentes até o hospital, mas permitir que elas recebam um socorro mais ágil.

Em casos de grande trânsito, as motos seriam muito mais rápidas no deslocamento, por exemplo.



Leia também: 5 Famosos que torcem para o Cruzeiro e 5 que torcem pro Atlético; veja aqui a lista

O projeto de Lei é de autoria do vereador Doorgal Andrada, do Patriotas. Ele foi eleito em 2016 como o vereador mais jovem da história de BH, com 24 anos.

Apesar de já estar aprovado, para que o projeto seja executado, ainda precisará de planejamento e dependerá de viabilidade econômica.

Portanto pode ser que ainda demore um tempinho até que as motolâncias entrem em circulação.




A Lei 11.135/2018 foi publicada no Diário Oficial do Município nesta quinta e pode ser conferido, na íntegra, aqui.