Gente, desde os debates presidenciais de 2014, eu fiquei viciado nos quebra-pau que rola nas emissoras. Domingo, por exemplo, eu curti as brigas que rolaram na Record.

Mas o que mais me chamou atenção foi a declaração do Kalil, que falou que é pobre. “Eu tive a vida revirada e só acharam contra mim foi atestado de pobreza”, disparou o ex-cartola.




Essa é uma das desculpas dele pra dever IPTU pra BH. Mas…

Imóveis de João valem mais do que os de Kalil e mesmo sendo 1 milhão mais pobre, o tucano não deve IPTU pra cidade.

João tem 5 apartamentos e um lote, no total de 1 milhão, 627 mil*. Já o Kalil tem uma porrada de participações em lotes e imóveis, no total de 1 milhão, 307 mil. Então, pela lógica, Kalil deve pagar menos impostos, já que tem 320 mil a menos em imóveis.

A diferença, porém, é que no total de bens declarados ao TRE, Kalil tem R$ 1 milhão a mais que Leite. Kalil R$2.787.609,13  
João R$1.696.107,09

Se quase três milhões é atestado de pobreza, eu tô é na miséria.




Se quiser ver os bens declarados de todos os candidatos, pode ver a relação divulgada em primeira mão pelo MoonBH.

*Também entrou na soma dos imóveis de Leite seu apartamento fora do país, mas que também gera imposto, claro.