Uma internauta belo-horizontina postou uma mensagem indignada na semana passada sobre um caso absurdo e desrespeito com o consumidor. Segundo ela, aconteceu em uma das Americanas Express, especificamente a da rua Guaicuí, número 26, no bairro Coração de Jesus.



Segundo ela, quando entrou na loja,a vistou uma “super promoção” de bonecos e como estava com a filhinha, a levou até lá para que escolhesse um. Depois de pegar a boneca e um esmalte que custa em média R$ 3,00, Larissa Figueiredo conta que foi ao caixa e, para sua surpresa, o total era de R$ 73,00. Claramente algo estava errado.

Ao chamar a gerente, foi informada que nada poderia ser feito, porque o boneco estava no lugar errado. Ao questionar sobre o Código de Defesa do Consumidor, Larissa afirma ter sido tratada com grosseria. Assim ela chamou a polícia e fez um Boletim de Ocorrência. Ao tentar fotografar os preços apresentados, quase foi impedida pelo segurança, supostamente a mando da gerente.

Termine de ler no BHAZ