Vivendo sua pior crise de todos os tempos, o Cruzeiro disputará a série B pela primeira vez. O time de Belo Horizonte vive uma turbulência sem fim.



Leia também: Concessão da Globo Minas em BH vence em breve e pode estar ameaçada; veja aqui

Nesta quinta-feira, 26, o Uol publicou uma matéria onde especula quais nomes devem ser demitidos, vendidos ou trocados pelo Cruzeiro.

Com a folha salarial mais cara do país, R$ 15 milhões por mês (veja ranking com quem tinha os maiores salários do time), o time não pode arcar com estes custos fora do principal campeonato brasileiro.



Leia também: Ator da Globo chama Jesus de bêbado, é acusado de assédio e pode ser demitido a qualquer momento; veja detalhes e nomes aqui

Segundo o Uol, Fred, Edilson, Ariel Cabral, Dedé e Rodriguinho não devem permanecer jogando em Belo Horizonte.

Já Fábio poderá renovar seu contrato com o clube por um valor bem menor.



Leia também: Jornalista critica caráter de Gugu e fala de boatos dele ser gay: de bonzinho só tinha cara; veja aqui

Robinho, por sua vez, deve permanecer no clube, já que ficou lesionado no fim da temporada deste ano.

“Nós vamos ter que conversar com todo mundo. Não tem como pagar atleta [que ganhe] R$ 500 mil, R$ 1 milhão… Espero que eles entendam isso, são pessoas inteligentes, eles já têm a vida feita”, disse o novo gestor de futebol do time, Pedro Lourenço.