Mais uma eleição majoritária está chegando e os candidatos já estão prontos para beijarem crianças e comerem muito pastel, menos Henrique Meireles, que anda recusando.



Leia também: Assim seria Game of Thrones caso fosse filmada em Belo Horizonte; veja aqui

Em Minas Gerais não vai ser diferente e com mais poucos dias pra fazer campanha, os candidatos farão de tudo pra se elegerem.

Alguns dos nomes mais conhecidos na política nacional concorrerão aqui, como Aécio Neves, Dilma Roussef, Fernando Pimentel e Antônio Anastasia.

Abaixo fizemos uma análise para descobrir como seria a eleição caso estivéssemos dentro do mundo de Game of Thrones. Confira:



Castelo – Palácio da Liberdade

Pra começar, todos querem um único objetivo, conseguir sair vitorioso e se sentar no trono dentro do castelo/palácio de maior poder da região.

Fernando Lannister Pimentel

Assim como Cersei, Pimentel conseguiu chegar ao poder retirando seus opositores do trono. Apesar de ser a pessoa mais poderosa da região, está vendo que seus oponentes estão chegando para retirá-lo do trono e fará de tudo para se manter.



Antônio Targaryen Anastasia

A família de Daenerys já esteve no máximo do poder, Anastasia também. Daenerys é a que está mais próximo de derrotar os Lannister e retomar o poder, Anastasia também. Daenerys se diz diferente de seu avô, Aerys, Anastasia se diz diferente de seu padrinho. Praticamente a mesma pessoa.

Márcio Stark Lacerda 

Assim como Robb Stark, Lacerda conseguiu reunir um considerável apoio em busca do trono, mas pego de surpresa em uma traição equiparável ao casamento vermelho, foi retirado da disputa precocemente.



Romeu Tyrell Zema

O mais rico da campanha chega se mostrando o ‘novo’ e conquistando parte do eleitorado com suas promessas de melhorias e mudanças. Seu desempenho impressiona, mas apesar disso, não está claro se ele terá tempo o suficiente para conquistar o povo e o trono. Margaery não teve.

Dilma Melisandra Rousseff

As duas curtem usar um vermelho? Sim! Mas além dessa curiosidade, elas também são responsáveis por mudanças na trama. Amada por muitos e odiada por vários outros, ela segue poderosa.

Tudo ia muito bem para Pimentel até a chegada de Dilma para concorrer ao Senado. Adalclever Greyjoy Lopes abandonou Pimentel e alguns até sugeriram que ela mesma lutasse pelo poder.

 Adalclever Greyjoy Lopes

Assim como a família Greyjoy, a família/partido de Adalclever não está acostumada ao topo do poder, mas segue apoiando qualquer um com reais chances de chegar lá. Só nesta campanha, já negociou com os PTLannister e PSBStark, mas acabou decidindo brigar por si próprio.