A internet ficou um pouco dividida com o anúncio de que a capital mineira receberá sua primeira festa junina gourmet. O evento acontecerá ao lado do Palácio da Liberdade e segundo os organizadores, “terá os chefes dos melhores bares e restaurantes de Belo Horizonte”.

O problema pra alguns é que a festa junina não combina nem um pouco com esse ‘raio gourmetizador’ que atinge cada vez mais comidas.




Pra você, Belo Horizonte passou dos limites ao lançar uma festa junina gourmet ou simplesmente é uma cidade revolucionária?

Agora que já deixou sua opinião, que tal avaliar as comidas típicas de festa junina:











Serviço:

Junina Gourmet – “a festa junina gastronomia mineira”

Data: 17 e 18 de junho de 2017

Horários: sábado, das 12h às 20h e domingo das 12h às 18h

Restaurantes e bares participantes: Borracharia Gastrobar, BQS, Butchery, Casa Cheia, Dona Lucinha, Emporium Armazém Gourmet, Enoteca Decanter, Itatiaia Rádio Bar, Maria das Tranças, Paladino e Xapuri.

Ingressos: devem ser retirados pelo site www.nenety.com.br. É necessária a doação de 1 Kg de alimento não perecível no local. Os mantimentos arrecadados serão revertidos para instituições de assistência social.

Classificação etária: livre.

Mais informações: www.nenety.com.br